VAZIO
aplicativo
dengue
UEMS
rebanho

Servidora do Samu de CG é baleada por participantes de racha que bate no carro da família e ainda briga com a vitima

Por Panoramams em 10/06/2024 às 10:55:19

Foto: Enfoque MS

Uma servidora do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urg√™ncia) de Campo Grande foi vitima por duas vezes na noite deste domingo (9), de infratores do trânsito ou criminosos por duas vezes. Eles j√° cometendo crimes de trânsito, colocando vidas em risco com racha em plena avenida movimentada, após "briga" atentarem diretamente contra a vida, atirando contra o filho da cidadã, técnica de Enfermagem do Samu, sendo então ela baleada por um dos participantes da corrida irregular.

Assim, uma noite que deveria ser tranquila para uma fam√≠lia acabou em tragédia no Jardim Tarumã, regição Oeste da Capial, com a técnica de enfermagem do Samu baleada durante um desentendimento com participantes do racha, que bateu no carro da fam√≠lia. A profissional estava dentro do ve√≠culo de seu filho, sem envolvimento com a corrida ilegal, passando no local, onde após o tiro foi socorrida em estado grave.

De acordo com o boletim de ocorr√™ncia, o motorista de um Renault Sandero, que estava acompanhado de sua mãe (a socorrista do Samu), sua esposa e seus quatro filhos pequenos, relatou que seguia pela Avenida Marinha. No cruzamento com a Rua da Pen√≠nsula, ele avistou dois ve√≠culos praticando racha: um Audi vermelho e um Astra de cor escura.

Para evitar um acidente, o condutor do Sandero desviou dos veículos. Ao se aproximar da Avenida Gunter Hans, ele parou para esperar a passagem pelo cruzamento. Nesse momento, o Audi colidiu na traseira do Sandero. Os ocupantes dos veículos envolvidos no racha desceram e se dirigiram ao carro da família.

Agressão e Tiro

O motorista do Astra deu um tapa no peito do condutor do Sandero, chamando-o de "folgado". O motorista do Audi, então, sacou uma pistola e apontou em direção à v√≠tima, que tentou se esquivar, mas o suspeito disparou. O tiro atingiu o braço da mãe do motorista, que estava no banco de tr√°s com seu neto de cinco meses no colo. A bala transfixou para o abdome da mulher.

Em estado de choque, o filho procurou uma unidade de sa√ļde próxima, onde a mãe foi socorrida em estado grave e posteriormente transferida para a Santa Casa. Felizmente, mais ninguém ficou ferido. Os suspeitos fugiram do local, e a pol√≠cia foi acionada.

Investigação e Procurados

Após a identificação dos ve√≠culos envolvidos no racha, a Pol√≠cia Militar constatou que eles eram conhecidos por participação em outras situações criminais, incluindo viol√™ncia doméstica e porte ilegal de arma de fogo. Sabendo que os ve√≠culos frequentemente eram vistos no Bairro Bela Laguna, a PM iniciou dilig√™ncias na região.

Durante uma abordagem, uma mulher admitiu que estava no Astra no momento do tiro e forneceu o endereço do atirador. Contudo, não revelou o paradeiro do Astra. Os policiais foram até o local indicado e contataram a fam√≠lia do suspeito, identificado como Rafael Conceição dos Santos, que prometeu se apresentar à pol√≠cia. O Audi e a pistola ainda não foram localizados.

Cena do Crime

O delegado de plantão e peritos se dirigiram à Rua da Pen√≠nsula, onde encontraram a c√°psula deflagrada de calibre 9 mil√≠metros sobre o banco do motorista do Sandero. No banco traseiro, havia manchas de sangue.

Até o momento, ninguém foi preso. Mas, a pol√≠cia aponta que continua investigando o caso, buscando localizar os suspeitos e a arma utilizada no crime.

A técnica de enfermagem do Samu permanece sob cuidados médicos, e a comunidade espera que os respons√°veis sejam levados à justiça em breve.

Comunicar erro
UEMS JUNHO
Rebanho

Coment√°rios

compushop