UEMS TECH

Esquina da morte: 2º motociclista morre após colidir com veiculo em rua com semáforo desligado

O nome da vítima ainda é desconhecido, mas infelizmente noticiaremos a morte demais um motociclista pelas ruas de Campo Grande.

Por Panoramams em 09/07/2024 às 15:01:43

Foto: O Popular

O nome da vítima ainda é desconhecido, mas infelizmente noticiaremos a morte demais um motociclista pelas ruas de Campo Grande. E como em outros locais críticos da Capital, este no cruzamento das Ruas Rui Barbosa e Doutor Dolor Ferreira de Andrade, no Bairro São Francisco, já pode ser denominado de ‘rua da morte’. Outro motociclista morreu há sete meses na mesma localidade, por falhas humana e da sinalização.

O semáforo estava desligado no momento do acidente neste caso, na manhã desta terça-feira (9), quando o motociclista acabou arremessado após colidir com um carro no cruzamento das ruas no Bairro São Francisco. Ele foi socorrido, mas acabou morrendo ainda dentro da viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Conforme registro policial, o motociclista teve fratura exposta de fêmur, lesão no pescoço, e trauma de face. Ele chegou a ficar inconsciente e trabalhadores de uma UBS (Unidade Básica de Saúde) que fica próxima, fizeram os primeiros atendimentos. O rapaz foi reanimado, socorrido pelo Samu e estava sendo encaminhado para a Santa Casa, mas não resistiu.

O motorista do carro Logan ficou nervoso, passou mal e procurou a UBS para atendimento. Ele não apresentava ferimentos decorrentes do acidente.

Colisões

Segundo testemunhas, hoje o motociclista estava seguindo em uma Honda Fan pela Rui Barbosa e o carro na Dolor de Andrade, quando houve a colisão com um carro Renaul Logan. Câmera de segurança registrou o momento do acidente e a vítima voando após a batida.

As testemunhas apontam lembrando que no local havia uma rotatória e depois foi instalado semáforo, que sempre apresenta problemas e desliga. Por conta disso, acidentes são frequentes no cruzamento.

Cruzamento fatal – No mesmo trecho, um motociclista morreu no dia 1Âș de janeiro deste ano. Ailton José de Arruda, de 49 anos, seguia em uma Honda CG Titan KS pela Rua Dolor Ferreira de Andrade, quando foi surpreendido pela condutora do Fiat Toro que desrespeitou o sinal vermelho na Rua Rui Barbosa.

Com o impacto, o motociclista foi lançado a metros de distância, parando na calçada. Ele ficou inconsciente e foi socorrido pelo Samu, levado à Santa Casa, onde morreu

Agetran

Em nota, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) informou que uma equipe foi ao local, diagnosticou a queima do equipamento e a troca será providenciada.

A orientação aos condutores é de que quando acontece algum problema e o semáforo para de funcionar, é necessário cumprir a regra geral de circulação, que está prevista no artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Ou seja, em caso de trânsito por fluxos de veículos que se cruzem em local não sinalizado, a preferência de passagem será a do veículo que vem pela direita”, disse a Agência..

Comunicar erro
Rebanho

ComentĂĄrios

compushop